Monthly Archives: Janeiro 2014

Para o fórum mensal de Janeiro proponho-vos um debate sobre o tema O Mau Comportamento Infantil.

Considerações sobre o Mau Comportamento Infantil…

Gostaria que partilhassem a vossa opinião sobre este tema

Image

Lembrando sempre que nenhuma criança aprende alguma coisa, seja o que for, sem que uma fonte possa servir de referência.

Essa fonte pode ser um  adulto, um irmão mais velho, a televisão, os jogos, etc.

Vale a pena esclarecer que a instrução, que é o meio pelo qual se aprende qualquer coisa, pode ser negativa ou positiva, e tudo isso é material para a mente de uma criança.

Veja-se o exemplo dos jovens, ou mesmo adultos, muitas vezes supostamente esclarecidos, e ainda assim vulneráveis às corrente negativas, como os vícios pelas drogas, pelo jogo, e outros desvios morais. Agora imagine a mente de uma criança, que é um terreno vazio, sem discernimento algum, um livro com as suas páginas em branco, onde se pode escrever qualquer coisa.

Maus hábitos aprendem-se primeiro em casa, e depois são aperfeiçoados na rua. Sem predisposição para o assunto, o processo não vai adiante. Assim, tendo o exemplo, a sugestão, a referência, a incitação que surge ao seu redor, logo encontrará na rua o apoio que precisa para dar continuidade à prática na qual já foi iniciado.

Pais que não se posicionam abertamente contra um mau hábito diante dos seus filhos, sendo que eles próprios precisam servir de exemplo, também, de forma indireta, estão apoiando os desvios comportamentais. Se a ideologia praticada em nossa casa, pelos nossos pais e irmãos mais velhos não for uma coisa construtiva, logo, lá fora se encarregará de contaminá-las com suas ideias e posturas absurdas.

Com bons exemplos em casa, e nesse caso as palavras só não bastam, nada do mundo lá fora será capaz de desviar a conduta dos nossos filhos. Bom exemplo significa uma boa ética e atitude pessoal, firme posicionamento contra as deformações sociais e manias bizarras, e a presença diária no convívio com os filhos. Diante de tudo isso, eles estarão encapsulados, blindados, contra o forte assédio das influências negativas que surgem de todos os lados, na sociedade patológica onde vivemos.

Como agir perante a indisciplina!

Deixem os vossas respostas em baixo até 20/01, na indicação comentários. 

Devem indicar, obrigatoriamente, o vosso nome e turma, caso contrário, os vossos comentários não serão avaliados.

Cotação: 20% média mensal.

Os comentários podem não ficar automaticamente disponíveis.

Bom trabalho.

Prof. Gabriela Rodrigues

Anúncios