Acerca

Seja Bem-Vindo!

Neste espaço pretendemos pô-lo a par das novidades, conhecer a sua visão e aprender também com os seus contributos.

Comente os temas e as notícias propostas com o seu tutor ou dos seus colegas, identificando-se sempre com o seu nome e turma (ex. António Vincente da turma ESH_MAR_11) para que o professor lhe possa atribuir a classificação do seu contributo.

Para participar basta clicar em INSERIR COMENTÁRIO no final do texto do fórum e mover o cursor para baixo até ao último comentário, de seguida clique em DEIXAR UMA RESPOSTA, não esquecendo de indicar o seu nome e turma para que o seu contributo seja avaliado.

Cotação: 20% da média da Unidade em estudo.

Anúncios

6 thoughts on “Acerca

  1. MUITAS DAS CRIANÇAS OBESAS A COLPA EM PARTE É DOS PAIS POIS NAO CUIDAO DA ALIMENTAÇAO DOS FILHOS CORRETA MENTE , A SOPA DEVE SER INTRODUZIDA EM TODAS AS REFEIÇOES BEM COMO LEGUMES E FRUTA PRA SOBREMESA E NAO DEIXALOS COMER BOLOS , GOMAS E AS DITAS COMIDAS DE PELASTICO COMO PIZAS E ANBURGUERES ,JUNTANDO A ESTO OS SUMOS QUEM SE AINDA FOSSEM NATURAIS MAS NAO QUANTO MAIS GAZ E CORANTES TIVER MELHOR . OS JOGOS NO COMPUTADOR , NA TELEVIZAO SEMPRE SENTADOS SEM SE MEXER E AO LADO SUMOS E DOCES .QUE ESTA MAL SAO OS PAIS QUEM NAO ENCINAO COMO ELES OS PAIS SE DIVERTIAO TAMTO COM AS BRINCADEIRAS QUE FAZIAO AO AR LIVRE . PARA QUE TER FILHOS SE DEPOIS SÓ PRA ELES NAO OS IMCOMODAREM SÓ LHE DAO PORCARIAS QUE FAZEM MAL AO CORPO E A MEMTE ?! AGUA LEGUMES FRUTA ESSE SIM É O CAMINHO SERTO . PAIS DEVEM TIRAR UMA HORA DO DIA PRA SEUS FILHOS PRA BRINCAR CONVIVER SER PAIS SAUDAVEIS.

    1. Concordo que é necessário mudar os hábitos alimentares em família. Sabemos bem o poder que a televisão tem quando influência os gostos das crianças, inclusive a publicidade aos alimentos de fast-food. São muito apelativos os brinquedos e a facilidade com que são comidos, quase sem as regras que certamente existem em casa. Tem razão quando refere que é necessário fazer mais atividades no exterior e que impliquem gasto de energia. Consegue tirar essa hora?

  2. Na minha opinião o mão comportamento das crianças vem do que os adultos que vivem com elas , pois as nossas crianças fazem tudo por imitação o que os pais fizerem ou disserem elas vão imitar bom ou mau , os adultos que passam a ter uma criança em casa tem que pensar no seu comportamento dai pra frente , também a crianças que sofrem de carência familiar e para chamar atenção portão se mal , todos os pais devem de ter um tempo para os filhos uma hora por dia no mínimo pois se os fizeram também tem que os educar com respeito , educação mas acima de tudo amor de pois que são toda criança merece,

  3. Fórum mensal de Janeiro. Debate sobre o tema o mau comportamento infantil.
    A criança desde o nascimento é um ser que depende da família e da sociedade para crescer, aprendendo regras comportamentais e sociais que mais tarde vão ajuda-la a integrar-se numa comunidade e depois na sociedade. Todavia, quando a criança cresce, sem realizar aprendizagens positivas, próprias de cada etapa do seu desenvolvimento, assume como certo as aprendizagem improprias que realizou, revelando-se um ser humano com mau comportamento.
    Não podemos partir do princípio que as crianças devem portar-se bem, isso seria desresponsabilizar a família e a sociedade da tarefa de as educar. Por esta razão são definidos horários para as crianças dormirem e se alimentarem de acordo com as suas necessidades, bem como outas atividades próprias.
    Sabendo que as aprendizagens humanas são contínuas, e desde o nascimento, os bebes devem crescer num ambiente familiar e depois numa escola, onde predomina a boa educação a clareza na linguagem, coerência nos comportamentos e tudo o que favorece um meio harmonioso, onde a criança recebe estímulos para desenvolver a sua atividade física e mental.
    Porem, nem sempre os responsáveis pela educação das crianças estão preparados para o fazer da melhor forma, e a criança cresce de uma forma desarmoniosa, o que muitas vezes faz dela uma criança indisciplinada. Perante a indisciplina deve-se agir com muito amor e afeto, com uma posição firme e exemplar, com verdade, valorizando o que de melhor a criança manifesta, reprimindo o seu mau comportamento sem usar violência, mas sim a razão e o apelo, adaptando sempre o nosso comportamento à idade da criança para esta compreender o “problema”.
    Contudo à que saber avaliar se a criança fez um mau ato por desconhecimento, se por acidente, se de propósito, e perante as várias situações o educador deve ensinar, esclarecer, ou repreender a atitude. O ser humano desde cedo faz descobertas, sejam estas por acaso ou por tentativa e erro (ex.: aprende a caminhar, a agarrar objetos, a abrir uma porta etc…). Pois educar é, também, promover a capacidade que o ser humano tem para aprender usando a sua intuição.
    Na presença de um quadro de indisciplina, é claro que a criança não está apta a usar da sua “autonomia”, pelo que também não está preparada para negociar tarefas e comportamentos a realizar, tornando-se o educador um líder firme que define as atividades a realizar, e que aplica castigos (adequados à idade, e que visam sensibilizar a criança a ser melhor) pela não participação nas atividades ou reconhecimento resultante de uma adequada participação. Assim como, os educares não podem desvalorizarem-se nem desautorizarem-se na presença das crianças, sendo que a figura do educador deve ser vista como fonte de carinho, compreensão, sabedoria e ordem, a imagem do educador não pode ser fragilizada.
    O educador para cumprir bem a sua tarefa, não só dita as regras como as cumpre de forma rigorosa, afinal as crianças também aprendem observando e reproduzindo o comportamento de quem as rodeia.
    Em suma, devemos agir perante a indisciplina, com muita disciplina, educação, bom exemplo e muito amor para reparar com sucesso as falhas que ocorreram durante o crescimento da criança ou adulto indisciplinado.
    Lázaro Oliveira Melo, curso de Educação Infantil.

  4. Educa.Infantil Catarina Filipa Pinto Mendes
    Fórum 1 – Relação Familia-Escola
    Infelizmente cada vez mais se vê os pais a quererem saber menos do que se passa na escola dos filhos, ou porque trabalham chegam cansados e já não tem disposição para ir a uma reunião ou a uma festa da escola.
    Por um lado é compreensivo mas um filho é um filho e o facto de os pais se importarem com o que eles fazem na escola é bom, todos os pais deviam fazer o seu papel não só em casa como também na escola até porque é na escola que eles crescem, a educação vem também a partir da escola e na maioria das vezes vem mais da escola do que de casa.

  5. A gripe é uma infeção respiratória aguda (nas vias aerias superiores)de curta duração.
    A gripe é causada pelo vírus Influenza que entra no organismo pelo nariz, multiplica-se, disseminando-se para a garganta e restantes vias respiratórias incluindo os pulmões.
    O período de incubação é de 1 a 4 dias, após ser infetado pelo vírus. (Esse tempo, é chamado de período de incubação).
    Os sintomas, nos bebes e crianças pequenas é a prostração e febres altas.
    Também existem outros sintomas como os gastrointestinais ( náuseas vómitos e diarreias) e os respiratórios (laringite e bronquiolite).A otite media é frequente em crianças de 3 anos.
    O tratamento mais comum para a gripe é a ingestão continuada de líquidos (prevenir a desidratação) baixar a febre , utilizando os antipiréticos (benuron, paracetamol, ibropufeno), em xarope ou supositórios, sendo os últimos mais rápidos a fazer efeito.
    Também o uso de soro fisiológico para a desobstrução das fossas nasais é eficaz ou nebulizados se a situação piorar.
    Se a febre se mantiver alta e continuada por um período superior a 3 dias consultar um médico, pois a criança poderá precisar de um antibiótico.
    Nesse período nas é aconselhado insistir com a criança para comer, e deixa-la descansar o máximo possível. E esperar que ela melhor , Não esquecer … A criança deve estar num local arejado continuamente e muito miminho…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s